Meu interior

Olá querido coração, como você está? Da última vez em que nos falamos você me parecia meio cabisbaixo... Sinto que você anda meio quebrado, triste... Talvez apaixonado? Fiquei com saudades de conversar contigo. Lembra-se daquele tempo em que não nos falávamos, não éramos sinceros uns com os outros e as coisas pareciam estar dando tudo errado? Quando o mundo conspirava contra nós?  Perdemos pessoas, sofremos decepções. Chegamos a pensar que não íamos aguentar, nos questionávamos se valeria a pena viver sem saber o que aconteceria no futuro. Mas lembro como se fosse ontem quando gritamos pro mundo que o futuro já não tinha tanta importância para nós dois. Que estávamos abertos ao amor, a vida e a morte. Amor... Morte... São palavras fortes não acha? Espero que esteja tudo bem contigo. Agora preciso ir... Tenho que colar alguns dos meus cacos.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário