É azul

Se eu pudesse, me apaixonava por você com a mesma intensidade que eu sinto saudade. Mas meu coração é tímido, e quer amar de vagar, e me fazer sofrer. Você é doce, moça. E eu realmente não a entendo... Mas desejaria que as coisas fossem diferentes. Eu não posso ir contra as vontades do peito, e insistir - talvez eu apenas me machuque - então prefiro que seja assim: uma paixão silenciosa. Assim tenho certeza que ninguém se incomoda. Mas digam-me... Posso lhe oferecer esta rosa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário